Educação física na escola e seu importante papel no desenvolvimento

Nunca entendi (nem aceitei) o fato da aula de educação física na escola ser apenas um dia na semana e outras matérias, como português e matemática, serem quase todos os dias. Isso sempre me incomodou! Me perguntava, quando criança, se a educação física n era menos importante do que as outras disciplinas e muitas vezes ouvi que é uma aula que não serve para nada. “O aluno tem de aprender a ler, escrever e fazer contas”. Taí um pensamento ainda muito comum em nossa sociedade. Lamentável…

Quando tinha 8 anos, disse a minha mãe que queria ser professor de educação física. Dito e feito. Me tornei professor e com o tempo pude perceber a importância desta aula tão menosprezada por muitos.

A educação física na escola é mais do que importante. Ela é necessária e essencial para o desenvolvimento pleno do indivíduo.

Sabemos que as crianças e adolescentes passam grande parte do tempo na escola e que adquirem hábitos de vida que muitas das vezes permanecem na idade adulta.

A escola, portanto, pode e deve ser um espaço de conscientização acerca da importância de ter um estilo de vida ativo e saudável, ser solidário, ético, cooperativo e altruísta. As aulas de educação física tem potencial para alcançar tais propósitos.

Infelizmente a aula de educação física ainda tem uma freqüência bem menor do que as demais disciplinas (consideradas, lamentavelmente, como as mais importantes).

Diversos estudos científicos apontam para a questão do quão importante é o bom desenvolvimento motor e a consciência corporal para a aprendizagem.

Uma criança mais ativa, que faça exercícios de coordenação motora e lateralidade, por exemplo, terá menos dificuldades em assimilar a “overdose” de conteúdos que são expostas.

É fundamental, portanto, que a aula de educação física na escola possa contemplar as diversas e múltiplas habilidades corporais: coordenação motora, lateralidade, controle corporal, percepção espaço-temporal, além de ser um momento de prática de exercício físico, gerando portanto, benefícios fisiológicos já mencionados em artigos anteriores.

O professor pode e deve utilizar materiais (cones, cordas, bambolês) para fornecer aos alunos atividades lúdicas e que possam desenvolver a coordenação, a lateralidade, a percepção espaço-temporal e o controle corporal.

As aulas de educação física também são ótimas oportunidades para desenvolver alguns valores tão necessários porém esquecidos na sociedade: cooperação, trabalho em equipe, respeito às regras, ética, altruísmo e amizade.

Jogos e brincadeiras, que não visem a vitória mas sim a participação e diversão, são ótimas ferramentas para que estes valores sejam exploradas.

Leia Também  Tá na hora do descanso - Por que você precisa levar o seu Day off a sério

Sabemos que crianças são cidadãos em formação e o professor de educação física, muitas das vezes, é aquele que tem um contato mais próximo dos alunos, podendo desta forma, trabalhar questões tão importantes para a construção de uma sociedade melhor.

Não deixe que seu filho não participe das aula de educação física na escola. Não permita que a direção “tire ou troque” a aula por uma outra disciplina que julgam ser mais importante.

A educação física na escola é fundamental para que a educação escolar alcance seu maior objetivo: uma educação para além dos muros escolares.

Maximiza mais!

Assine nossa lista VIP e receba os artigos do blog no seu e-mail

Personal Trainer
follow me