10 dicas para fazer a dieta Slowcarb e ver os resultados

No último artigo mostrei como consegui sair dos 95 kg para 83 kg em 60 dias com a dieta Slow Carb.

Neste artigo darei 10 dicas para você conseguir implementar a dieta sem mistérios, manter-se motivado e ver os resultados.

Como disse no outro post, esta dieta te permite ter um dia de folga, ou seja, um dia onde você pode comer de tudo, sem limites. Porém, para muitos os outros 6 dias podem ser uma tremenda mudança de hábitos.

Tradicionalmente, aqui no Brasil, o café da manhã inclui um bom pão com manteiga, muitas vezes bolos e outras vezes até sucos de frutas. Por isso, passar a comer ovo no café da manhã pode ser um coisa de outro mundo para muitos.

Para outros, conseguir manter a alimentação regular pode ser um tremendo desafio.

Assim como a retirada do pão, retirar o arrozinho de cada dia pode levar muitos às lágrimas.

Não se desespere.

Passei por esses mesmos dramas e venci!

Meu café da manhã costumava ser de 2 a 3 pães com um belo copão de café com leite. Isso quando não tinha vários bolinhos.

Sou acostumado desde criança a almoçar arroz, feijão e muita, muita fritura. De bife a milanesa à pastel de carne.

Sem contar a minha gula imensa por doces, chocolates e todas essas delícias com bastante açucar. Além das beliscadas constantes em biscoitos recheados durante a tarde. Beliscada não, comia era um pacote com muita facilidade.

Resultado? 95 kg, calça 48, camisa GG, cansaço e uma bela e insistente assadura entre as pernas.

Por isso, se eu consegui seguir essa dieta, até com certa facilidade, acredite, você consegue.

Se você quer emagrecer, leu sobre a dieta Slowcarb e quer conseguir ir adiante até perder peso e reduzir seu manequim, continue lendo este artigo para receber 10 dicas para alcançar sua meta de peso.

Gostou? Adicione seu e-mail abaixo para receber os artigos do blog antes de todo mundo.

Maximiza mais!

Assine nossa lista VIP e receba os artigos do blog no seu e-mail

Dica 1: Acompanhe seus resultados

Não faça a dieta sem realmente analisar o seu estado atual, saber onde quer chegar e acompanhar periodicamente se está chegando lá.

Muitas pessoas largam a dieta por isso. Não acompanham os resultados, e então, se desmotivam.

Começar uma dieta e ficar esperando que em 1 semana vai reduzir 2 números do manequim é loucura. Aliás, não vá usar suas roupas como parâmetro para saber se realmente está perdendo peso.

Seu manequim vai reduzir, porém, daqui a um mês, enquanto isso você deve obter outros números, como o seu peso, medida da cintura, braços e pernas.

Pode acontecer de você perder gordura em parte diferentes do corpo e isso não ser refletido direto na balança, por isso é importante medir outras partes do corpo.

Você também pode já ter perdido 2 kg e não perceber isso nas suas roupas.

Por isso, mensure, se atenha a números. Acompanhe os resultados.

Comece agora sabendo o peso que você se encontra e as medidas da sua cintura, peito, braços e pernas.

Leia Também  A importância do sono para nossa vida

Anote tudo, coloque a data de quando foi tirada as medidas e acompanhe periodicamente.

Dica 2: Faça o acompanhamento semanal

Vou contrariar um pouco a primeira dica. Acompanhe os resultados, mas não acompanhe todos os dias.

Isso porque você não vai perder peso todos os dias. Na verdade, alguns dias você vai até ganhar algumas gramas.

Fique tranquilo. Isso é totalmente normal.

Por isso mesmo, não se pese todos os dias.

Imagine a seguinte cena: Hoje é mais um dia que você venceu. Negou todos os doces e carboidratos que adora. Disse não ao refrigerante, frituras e frutas. Está se sentindo o campeão. Um vencedor. Bota o pé na balança. Respira fundo. Olha para o visor e vê que seu peso aumentou em 300 gramas.

Pronto. Você xinga todos os palavrões que conhece, dá um grito e bate uma bela barra de chocolate.

Porém, se você mantivesse a força mais 2 dias, só 2 dias, ia constatar que perdeu um pouco mais de 1 kg.

Por isso, a dica é você se pesar e tirar suas medidas uma vez por semana.

Aconselho que seja no seu dia de folga da dieta, assim que acordar, antes do café da manhã.

Tire seu peso e suas medidas de barriga vazia logo pela manhã. Anote, e só faça isso novamente na manhã do seu próximo dia de folga.

Assim você consegue acompanhar se a dieta está dando resultado, sem ver tantas variações do seu peso e continuar a se manter motivado(a).

Dica 3: Anote seus desejos calóricos

Deu vontade de comer aquele hambúrguer? Um petit gateau? Paçoca? Bolo? Coxinha? pãozinho com manteiga na chapa?

Respire fundo, puxe seu bloquinho de notas e tome nota.

Anote tudo aquilo que tiver vontade de comer, dos doces as frituras, e desconte tudo no seu dia de folga.

Seu dia de folga é para isso mesmo: matar a sua vontade de comer tudo que quiser.

Pegue esse hábito de anotar, fazer sua lista de guloseimas e enfiar o pé na jaca com vontade no dia do lixo, sem medo de ser feliz.

Dica 4: Vá acompanhado

O empreendedor Erico Rocha costuma dizer a seguinte frase: “Quer ir rápido, vá sozinho. Quer ir longe, vá acompanhado”.

O mesmo se aplica aqui.

Encontre alguém para seguir a dieta junto com você, acredite, fica muito mais fácil.

No meu caso, a minha esposa fez junto comigo, e se não fosse por ela seria 10 vezes mais difícil emagrecer.

Um motiva o outro. Quando um quer parar o outro puxa. Se em uma semana um dos dois não perdeu muitos quilos, ver que o outro perdeu dá aquela sensação de que foi só um dia ruim, que a dieta dá certo, pois deu com a outra pessoa.

Se você tem uma companheira ou um companheiro aconselho fortemente que o convide a fazer a dieta junto com você, mesmo até que a pessoa não esteja acima do peso, pois essa dieta só vai deixá-lo mais saudável.

Leia Também  O Monstro da Inatividade Física

Dica 5: Comece pelo café da manhã

Se você acha que a dieta é restrita demais, ou muito radical, e acredita que não vai conseguir fazê-la assim de repente…tudo bem…comece pelo café da manhã.

A nossa primeira refeição do dia é a mais importante, inclusive para a dieta.

Se aumentar a quantidade de proteínas do seu café da manhã e retirar o carboidrato já verá os resultados.

Eu como de dois a três ovos cozidos no café da manhã, isso já me da energia necessária até o almoço além de ser bem rápido de fazer.

Dica 6: Capriche nos temperos

Guarde isto: “Temperos e ervas são os seus amigos, mas molhos cremosos não”.

Se está achando as coisas muito sem gosto ou já enjoou de comer as mesmas refeições, os temperos certos podem te salvar.

Alguns temperos para te ajudar a começar são: alho com sal, sal trufado, molho de pimenta e cheiro verde.

Utilize ervas finas para temperar frangos.

Se está fazendo falta sentir um gosto doce, pode utilizar algumas gotas de adoçante natural como estévia misturadas a vinagre e mostarda, estes temperos nas saladas podem agradar seu paladar.

No livro, Tim Ferris afirma que não há nada de errado com a manteiga, desde que seus ingredientes sejam apenas manteiga e sal.

Para cozinhar o azeite de oliva é sempre uma boa pedida.

Maximiza mais!

Assine nossa lista VIP e receba os artigos do blog no seu e-mail

Dica 7: Coma fora nos seus dias de folga

Esse é o seu dia de folga, portanto coma no mais alto nível que puder.

Varie seu paladar comendo tudo o que tiver vontade nos lugares que você mais gosta. Você vai ficar com a sensação de liberdade e controle, pois esse é o dia que você escolheu para se esbaldar. Você não está cedendo a tentação. Está no controle.

Isso vai te manter motivado para aguentar os próximos 6 dias, já que na outra folga algo que você gosta muito te espera.

Pode tratar o seu dia de folga como um prêmio merecido que você está se dando por ter sido tão fiel e correto por 6 dias.

Tem pessoas que comem tanto no dia de folga, que quase passam mal. Com isso, ficam as próximas 3 semanas comendo mais moderado.

Você vai perceber também que o seu corpo vai se acostumar com a nova rotina e você não vai mais conseguir comer tanta besteira quanto comia antes.

Tenha isso em mente, seu dia de folga é o seu prêmio.

Dica 8: Não deixe alimentos ruins ao alcance

Sua força de vontade é igual a bateria do seu celular. Ela se esgota junto com a sua energia, nem adianta se esforçar quando estiver cansado.

Imagine, são oito horas da noite, você está exausto e começou a sentir um pouco de fome, abre a geladeira e tem aquele belo pedaço de pizza que sobrou do seu dia do lixo.

Leia Também  Diabetes - O que é e como evitá-la sem sofrimento

Você vai comer?

É claro que vaaaaai!! Nem vem com essa que você é forte.

Se você tiver vontade de comer porcarias e não tiver porcarias em casa, ou você não vai comer nada, ou vai ser obrigado a comer o que tiver.

Portanto, no fim do dia do lixo, jogue o lixo no lixo, sacou?

Dica 9: Tente por 2 semanas

Se está na dúvida se a dieta é efetiva ou não, te aconselho a pensar como eu também pensei: “Vou me esforçar por duas semanas, se não der resultado eu paro. Nâo vai ser o fim do mundo ficar 2 semanas com uma alimentação diferente.”

Te desafio a fazer um esforço por pelo menos duas semanas. Se não ver resultado, deixe isso para lá.

Pense bem, ficar duas semanas com uma alimentação diferente não vai acabar com a sua vida.

Você só pode ter certeza que não funciona se tentar.

Em outras palavras, você não tem nada a perder. 😉

Dica 10: Lembre sempre do resultado

Se todas as nove dicas não adiantaram, lembre-se sempre onde você quer chegar.

Pense firmemente nas roupas menores, que vão cair como uma luva no seu corpo agora.

Tô falando muito sério. Quando você está com o seu corpo ideal parece que todas as roupas do mundo ficam bonitas em você.

Você sabe bem como é…não deve ter uma camisa que você vista que não deixe marcada alguma parte do corpo. É o culote, peito, barriga.

Cinco ou sete quilos a menos fazem todas elas caberem perfeitamente, sem marcas.

Lembre-se disso.

Aliás, não só lembre-se, mas visualize também.

Pegue uma foto de algum modelo ou atleta que você gostaria de ter o corpo igual e cole na sua geladeira ou em algum canto que você olhe todo dia e visualize o seu corpo como o corpo daquela pessoa.

Além disso, saiba que você vai se sentir mais leve, saudável e disposto. Vai conseguir correr por mais tempo, subir escadas, fazer longas caminhadas e outras atividades que antes te cansava, agora não cansa mais.

Pense que seu corpo é o seu templo, e não pode ficar ingerindo coisas que irão profaná-lo.

Mentalize sempre que vale dizer não para uma besteira ou outra (e que você vai comer na folga) em prol de um corpo esbelto.

Rumo a vitória!

Essas foram algumas dicas que usei e me ajudaram bastante.

Algumas delas tirei do próprio livro, outras foram conselhos de pessoas que passaram por dietas e conseguiram chegar no seu peso ideal, e outras que eu fui aprendendo durante a jornada.

Espero realmente que essas dicas ajudem e que eu possa ler muitos comentários felizes aqui em baixo, beleza?

Forte A-bra-ço!

Maximiza mais!

Assine nossa lista VIP e receba os artigos do blog no seu e-mail

Alexander Lima

Administrator

Coach e Desenvolvedor de Software
follow me

Leia Também